segunda-feira, outubro 17, 2005

Gripe das aves

Com o pânico da gripe das aves (devo dizer que pessoalmente não estou minimamente preocupada) os meus queridos colegas gajos arranjaram uma nova piadinha contra o seu alvo preferido, a nossa odiada colega que grita com o computador (lembram-se?). Agora perguntam-me se já apanhei a gripe das aves (sou a pessoa que está mais perto dela), e recusam-se a aproximar-se muito da tal odiada colega por causa da doença.
São maus, os meus colegas gajos. E na verdade, eles não odeiam esta gaja. Eles adoram-na, é o que é. Se não fosse ela, de quem é que eles iam dizer mal todo o santo dia? De quem é que eles iam fugir? Como é que seria o jogo "olha está ali a chata, vamos por aquele lado"? Toda a gente precisa de um alvo em quem descarregar as chatices do dia a dia. À falta de um saco de pancada, escolhe-se um@ colega mais esquisit@.
3 comentário(s)

3 Comentário(s):

e por norma, acidentalmente, é uma mulher. Coisa curiosa....Boa semana. bjs e;)

By Blogger TMara, at 7:34 da tarde  

Por acaso temos as duas versoes: a gaja chata e o gajo insuportável. Para dizer a verdade, prefiro a gaja chata de longe, o gajo nao posso nem vê-lo. Enquanto que ela é chata, ele dá secas que nunca mais acabam, enquanto que a ela se pode cortar a conversa, a ele nao há indirectas (nem directas) que o atinjam... Isto ainda vai dar que falar...

By Blogger Snowgaze, at 8:14 da tarde  

Eu aqui, preferia o saco de porrada. Ou alguém que percebesse indirectas. Tenho a fusão do gajo+gaja que descreves na secretária ao lado!

By Blogger izzolda, at 11:19 da manhã  

Enviar um comentário página inicial