quarta-feira, março 28, 2007

A sorte numa embalagem de detergente

Há momentos em que sei que o puto sai à mãe. Como ainda há pouco tempo. Tinha comprado uma embalagem de um detergente que vinha com um vale para jogar no totoloto. De mim para comigo, pensei que, quer jogue quer não, não tenho nada a perder. E já que o vale dá para três jogos, dá para um dos desportos favoritos de cá de casa, e de borla, que é testar quem é que, dos três, tem mais sorte (normalmente sou eu, seguida pelo pequenito). De modos que tanto eu como o pequeno temos andado de olho a ver quando é que há um jackpot. Já que é para testar a sorte, não nos vamos ficar por um milhãozito ou dois de euros, tem que ser um valor que se veja. Hoje, para o sorteio desta noite, havia um jackpot de 5 milhões. Perguntei ao miúdo o que é que ele achava, se valia a pena. Diz que não. Por tão pouco dinheiro não vale a pena estar a desperdiçar a oportunidade de ganhar muito mais, e de borla. E se for para perder, então que seja em grande.
2 comentário(s)

2 Comentário(s):

A sabedoria dos pirralhos! :)
Férias em Natal- Episódio 4 no ar.

By Blogger Capitão-Mor, at 9:40 da tarde  

Um puto com muito nível !!

By Blogger Eu mesmo, at 10:53 da tarde  

Enviar um comentário página inicial