domingo, fevereiro 11, 2007

Diz que ganha o sim...

Há uns anos, ganhou o não. Sabemos as consequências. Hoje, parece que ganhou o sim. Vamos lá ver se é desta que alguma coisa vai mudar.
4 comentário(s)

4 Comentário(s):

foi desta, foi desta! Finalmente... :)

By Blogger cris, at 11:04 da tarde  

Fico contente, mas ainda estou céptica. Desde que a lei do aborto foi aprovada na assembleia para logo a seguir se ter decidido um referendo, não acredito em nada (politicamente) até ver... Sabe-se lá que obstáculos vão inventar agora.

By Blogger Snowgaze, at 11:12 da tarde  

Nao é inventado nada.

É conhecido que para o referendo ter valor seja preciso que mais do que 50% dos inscritos se manifestem.

Em 98 a lei não mudou por causa do não, mas sim por causa da abstenção. Este ano é a mesma coisa. Apenas 43% foi a votos.

(Sou mesmo o ups.. tou e com problemas e nao consigo fazer login)

By Anonymous ups, at 11:31 da tarde  

ups: não foi assim. O próprio Marques Mendes, que fez campanha pelo não, admitiu ontem que em 98 a lei não mudou porque o não ganhou, apesar de na altura o referendo não ter sido vinvulativo. E acrescentou que agora, por uma questão de coerência, a lei teria que mudar, apesar de, mais uma vez, o referendo não ser vinculativo, e tendo em conta que desta vez a participação foi superior à de 98.

By Blogger Snowgaze, at 9:06 da manhã  

Enviar um comentário página inicial