terça-feira, maio 30, 2006

O meu baby


Toda a vida (quer dizer...) achei que isto dos telemóveis chega um que dê para falar e mandar e receber mensagens. Que mesmo isso de ter cinquenta mil toques diferentes, e quarenta e duas mil setecentas e vinte e seis imagens de fundo eram umas paneleirices que só serviam para convencer o pessoal a pagar mais por um telemóvel que servia, basicamente, para o mesmo que os outros. E que esta história das máquinas fotográficas de baixa qualidade integradas no telelé era apenas mais uma maneira de ter um dois em um que não tem interesse nenhum - afinal, para que é que servem as fotos foleiras, de baixa resolução e péssima qualidade?
Depois de tantos anos (quer dizer...) a pregar às plantas (são as únicas que me ouvem, todos os outros fogem), eu não me converti. Simplesmente encontrei esta coisinha tão gira, pequenina, bonitinha na minha cor preferida, e além do mais, a um preço de pechincha (acho eu, eheh) e sem bloqueio do cartão SIM. Tudo, num supermercado perto de mim. Qual Pingo Doce, qual quê. Os supermercados alemães podem não estar abertos o(s) dia(s) todo(s), mas têm coisas assim. Umas pechinchas lindas.
1 comentário(s)

1 Comentário(s):

Ainda sabes quando é que eu faço anos??? :P

By Blogger BloodyLiLith, at 11:45 da tarde  

Enviar um comentário página inicial