quarta-feira, maio 03, 2006

História Horrível


O que é que vai acontecer ao Dino? Sabes que o Dino morreu, teve um acidente. Sim, eu sei, mas estou a dizer na televisão. Ah, bom, então não viste? Agora o Fred e a Alice vão morar para Faro e o Dino faz de conta que foi com eles. Mas porque é que têm que desaparecer tantas pessoas? É que não podem ter muita gente na série ao mesmo tempo. Uns saem e outros entram. Então quem é que vai entrar? Ainda há uns dias entrou o professor Álvaro e o filho Pedro. E se calhar agora vão entrar mais pessoas. E a Maria José, quando é que volta? Não sei, se calhar daqui a uma semana.
Olha, mas sabes que na vida não é como na televisão. As pessoas quando mudam de uma cidade para outra, ou de um país para outro, podem continuar a ver-se e a visitar-se. Pois, eu sei. Lembras-te do nosso amigo X? Vem cá ver-nos muitas vezes mesmo não vivendo aqui, não é? E quantas vezes já fomos ver o nosso amigo Y? E quantas vezes estamos com a família? Imensas vezes, não é? Pois, tens razão. Olha, e por falar em morrer, o que é que acontece às pessoas quando morrem? Então, não te ensinaram na escola? Há pessoas que acreditam que quando se morre, se vai para o céu. E há outras, que acreditam que quando se morre, se vai para o céu durante algum tempo e depois se volta a nascer. Ah, pois é, vou-te mostrar o meu livro. Aqui diz que os gregos acreditavam que somos compostos por corpo, alma e espírito. Quando morremos, o corpo passa a ser pó (que eles guardavam nuns potes) e que o espírito e a alma vão para a lua e lá também se separam, e depois vão para o sol, e depois voltam-se a juntar na lua e depois voltavam a nascer.

Se calhar troquei as voltas do espírito e da alma, do sol e da lua. Mas acho piada a que um livro infantil seja uma referência tão importante. E será que também há uns "romanos baris"?
Não tenho coragem de lhe dizer que há quem acredite que quando morremos vamos para o inferno. Eu não acredito no inferno. E também não tenho coragem de lhe dizer que há quem acredite que não vamos para lado nenhum. Além de que ele ficou tão contente com a história de renascer. Se no fundo, no fundo, só saberemos com certeza quando estivermos do lado de lá, porque é que havemos de viver preocupados com isso?
2 comentário(s)

2 Comentário(s):

Há todos os baris, os fixes e os horrendos...esses livrops, é só comprar logo todos, porque sao geniais!!!

By Blogger Rita Dantas, at 3:34 da tarde  

Também me parece... e quando o miúdo acabar vai ter que me emprestar que eu também quero lê-los! :)

By Blogger Snowgaze, at 4:27 da tarde  

Enviar um comentário página inicial