segunda-feira, outubro 31, 2005

Viva a Leonor

Normalmente seria coisa daquelas que nem em aquece nem me arrefece. Mas hoje até achei graça ao anúncio do nascimento de uma princesa, pelo simples facto de ser a primogénita de um reino que ainda tem como lei que o sucessor ao trono é o primeiro filho do rei desde que tenha um cromossoma y (ao que se sabe, múltiplos cromossomas y nao sao impedimento à sucessao). Agora o suspense: será que vao actualizar a lei, num país onde a constituiçao até diz que todos os homens sao iguais, independentemente do sexo?

* Um àparte, diziam no noticiário que o sexo do bebé real só foi conhecido aquando do nascimento, como obriga a tradiçao. Nesse caso, pergunto-me o que é que terá sido dito quando a Leonor dava pontapés na barriga da mae. Será que os pais babados se congratulavam por vir aí uma bailarina ou um jogador de futebol? (rufia de um gang nao lhes deve ter passado pela cabeça)
E quanto ao médico que fez a ecografia, será que lhe cortaram a cabeça para nao revelar tal segredo a ninguém (nem aos pais, suponho eu), ou ter-lhe-á bastado prometer manter-se calado até ao dia do nascimento? E no caso de a segunda hipótese ser verdadeira, será que, durante a gestaçao, ele (o médico, ou médica) andou com um ar satisfeito, a gozar com todas pessoas que encontrava na rua, porque ele sabia um segredo que mais ninguém, nem sequer os próprios príncipes, sabiam? E ainda, para que é que serve ser príncipe ou princesa, se nem sequer se pode saber o sexo da própria filha antes dela nascer?
2 comentário(s)

2 Comentário(s):

Lololol!
Quando se sabe um segredo, cresce-se 5cm!

By Blogger Rita Dantas, at 11:00 da manhã  

oh Snow, devia ser lindo! o sr. dr. andar por aí a dizer "eu sei o sexo do bebé real e não te digo, toma toma"! e depois deitava a língua de fora. :)

By Blogger Joana, at 7:16 da tarde  

Enviar um comentário página inicial