quarta-feira, agosto 24, 2005

Inundações

Em Munique passa o Isar, um rio de águas gélidas quer de Inverno quer de Verão. Existem umas praias de seixos, e árvores nas suas margens, onde o pessoal faz de conta que está num país mediterrânico quando o tempo o permite, onde se fazem umas festas loucas (para os parâmetros alemães), com bebidas directamente do frigorífico (o rio), e churrascadas pela tarde/noite fora. E onde os convivas se podem apresentar sem roupa.
Acabou-se a brincadeira dos habitantes de Munique (muniquenses?). O Isar transbordou, e bem. A praia desapareceu, os troncos das árvores também, só se vê água castanha e furiosa que atravessa a cidade com uma rapidez surpreendente. E no meio dessa água castanha sobressaem umas coisas verdes - os ramos das árvores. Felizmente, o rio corre a um nível que está uns bons metros abaixo do nível da cidade, por isso a inundação fica por ali. Pelo menos para já.
Esta manhã, as pessoas paravam na ponte para tirar fotos a este espetáculo insólito. Tiro-lhes o meu chapéu. Ao menos conseguem aproveitar de alguma forma este Agosto deprimente. Quanto mais não seja, ficam com umas fotografias invulgares.


(para mais fotos, clicar aqui ou aqui)
Alguns updates via Blog de Munique (em alemão).
2 comentário(s)

2 Comentário(s):

nao é justo. em alguns sítios há falta de água, noutros é o que se vê.

By Blogger Polliejean, at 10:26 da tarde  

Ia comentar precisamente o que a Polliejean comentou (lá cheguei um bocado tarde), mas não deixo se sublinhar a ideia da injustiça de uns terem demasiado o que outros tem falta...

By Blogger Rui Guimarães, at 2:40 da manhã  

Enviar um comentário página inicial