terça-feira, agosto 09, 2005

Dúvida existencial

Cada vez mais gosto de gajas. De gajas a sério, com G grande, que não têm vergonha de ser gajas, que riem alto, que se vestem como lhes apetece, que se estão nas tintas para o que os outros pensam. Que têm ideias sobre (quase) tudo e mais alguma coisa, e que falam de tudo e mais alguma coisa (do gajo bom que encontraram no comboio, da camisola linda que compraram na Zara, de política, de economia, de gestão - de tempo, de dinheiro, do circuito de compras-, de carros, de bicicletas, de aviões, de música, de filmes, de livros, do namorado que às vezes é um chato, da amiga que fuma haxixe e conduz como uma maluca mas nunca teve um acidente, do amigo que se recusa a tirar a carta de condução).
E gosto, cada vez mais, de blogs de gajas. Destas Gajas, que estão ali na barra lateral, e de outras Gajas, que por aí apareceram em posts "blog do dia". E de outras Gajas, que escrevem blogues a meias com gajos, dos quais eu acabo por praticamente só ler as entradas femininas. Será que isso faz de mim sexista?
3 comentário(s)

3 Comentário(s):

faz de ti gaja, com G grande!

:)))

já tinha saudades dos teus posts

By Blogger esdruxulina, at 4:34 da tarde  

As Gajas a sério sempre existiram!! Também me sinto bem por ver que elas estãoa a aparecer mais e mais! Melhor ainda, as Gajas com G grande, não têm tendência para se lixarem umas às outras!
Homens... ponham-se a pau: Mulheres ao poder!

By Blogger Paulita, at 9:28 da manhã  

Ah, valente!
Depois de um post assim, algo me diz q acharás um piadão aos quadros de Beryl Cook (espreita no google, q valem a pena). ;)

By Blogger cris, at 1:39 da manhã  

Enviar um comentário página inicial