quarta-feira, agosto 31, 2005

Calúnias, calúnias...

Desde 1979 que os nomes dados aos ciclones em cada ano são retirados de uma lista em que os metade dos nomes são masculinos e a outra metade femininos (wikipedia). Antes de 1979 todos os ciclones tinham nomes de mulheres, e provavelmente elas não gostaram nada disso (se bem que eu não percebo porquê, há lá nada melhor que ter reputação de má?) e arranjaram maneira de a coisa ser igualmente distribuída.
A partir dessa altura, podemos ver na lista dos nomes de ciclones que ficarão para a história como os mais devastadores, que os nomes dos furacões tanto podem ser masculinos como femininos. Por exemplo, nos últimos 5 anos, os rapazes mais destruidores foram Keith, Fabian, Juan, Charley e Ivan. O mais devastador foi mesmo um rapaz, o Charley, com 14 biliões (americanos) de dólares de prejuízos.

Já agora, sabiam que a palavra typhoon vem parcialmente do português tufão (wikipedia)?
5 comentário(s)

5 Comentário(s):

Nada como factos para desmentir os mentirosos!

By Blogger Paulita, at 2:55 da tarde  

Calma Paulita, era só uma brincadeira! :)

By Blogger Snowgaze, at 3:12 da tarde  

Já tinha opinado sobre isso no meu blog (como viste)... para mim era tudo que é destruidor devia ter nome de mulheres e mais nada. Era a única maneira de vos ser feita justiça...

By Blogger Rui Guimarães, at 3:49 da tarde  

Rui: por alguma coisa o link no título do post apont para o teu próprio post...
Não sei porque é que achas as mulheres destruidoras. A mãe natureza, assim como as mulheres, tende a criar, se calhar mais até do que a destruir. Quanto a mulheres destruidoras, vais ter que ser mais específico, nunca me apercebi disso.
Se calhar aquilo a que tu chamas "estragos" é apenas aproveitar as oportunidades... o que na verdade segue a ordem natural das coisas. Seria estupidez não aproveitar as vantagens de ser mulher, quando na maioria dos casos não podemos fazer nada quanto às desvantagens. É apenas adaptação ao meio que nos rodeia.
Quanto aos destruidores, assim de repente, lembro-me de George Bush (pai e filho) e companhia, todos homens, lembro-me de bombistas suicidas (a grande maioria homens) e dos chamados "terroristas" que organizaram os ataques de Londres, Madrid e EUA (todos homens). Se calhar acharias melhor chamar-lhes Maria, Inês, Ivone, ou outros nomes femininos...

By Blogger Snowgaze, at 3:58 da tarde  

Se calhar o problema do Rui foi ter conhecido de perto a biqueira de aço das Dr Martens de uma menina há uns anos atrás...

By Blogger BloodyLiLith, at 4:11 da tarde  

Enviar um comentário página inicial