terça-feira, maio 31, 2005

Só me arrependo

do que nao fiz. E por haver tao pouco tempo, continuo a procurar fazer tudo, antes que se acabe. Devo ter morrido muito nova numa noutra vida. Talvez assim se explique a ânsia de fazer tudo e mais alguma coisa, de saltar do aviao hoje porque amanha posso já nao ter oportunidade. Tenho pressa, muita pressa. E mesmo nesta pressa consigo fazer as pausas necessárias para apreciar o que estou a viver.

Agora a sério. Há muitos anos fui de férias com os meus pais e uns amigos. Fomos para o Algarve, numa terra qualquer onde, logo no primeiro dia, descobri montes de coisas que gostaria de fazer. Mas a minha amiga, mais velha, aconselhou-me a nao tentar fazer tudo logo nos primeiros dias, para depois nao me aborrecer por nao ter nada mais com que me entreter. Caí na asneira de seguir o conselho dela. Passados poucos dias, ainda nao tinha experimentado nada, e apanhei uma doença que me impediu de gozar o resto das férias em pleno. Tudo aquilo que eu queria ter feito no primeiro dia, ficou por fazer. A partir daí, nunca mais esperei. Nao deixo para amanha o que posso fazer hoje. E sei que amanha encontrarei outras coisas para fazer.
4 comentário(s)

4 Comentário(s):

O primo da minha bisavó também comia primeiro a parte da comida de que gostava mais, para o caso de morrer a meio :)
(também tentei convencer o pessoal lá em casa, mas a história de começar pela sobremesa não convenceu ninguém)

By Blogger Rita Dantas, at 1:33 da tarde  

Eu sempre pude comer a sobremesa primeiro, desde que fosse fruta! :) E ainda hoje faço isso. Aliás, há médicos que dizem que a ordem pela qual se come o almoço/jantar não tem importância, e até aconselham dar aos miúdos fruta (ou fruta com chocolate) enquanto elas vão comendo o resto!

By Blogger Snowgaze, at 2:02 da tarde  

Foi uma das razões que me fez escrever "Porque é que se insiste que há um tempo para tudo quando na verdade não temos tempo para quase nada? Para acordar um dia e perceber que já não há tempo para viver?" Não existe um tempo para tudo, uma altura pré-determinada em que podemos e/ou devemos fazer as coisas. Para tudo, a melhor altura é hoje.

By Blogger Tiago, at 3:12 da tarde  

Sim, a fruta cá em casa também é sempre de acesso livre. Já a mousse de chocolate...

By Blogger Rita Dantas, at 4:25 da tarde  

Enviar um comentário página inicial