terça-feira, março 08, 2005

Dia da mulher - II

A mim nunca me ofereceram flores no dia da mulher. Nem percebo porque alguém o faria. Ao meu namorado, acho que lhe passou ao lado (e não me incomoda nada). A uns colegas de trabalho pareceu-lhes tão importante que mandaram mensagens de felicidades ou de agradecimento. Não percebo bem o que agradecem. O estar viva e ter dois cromossomas x? Só se for, porque senão teriam também que agradecer a todos os homens...
De resto, é um dia como os outros. Em que se tem de continuar a defender e a acreditar no mesmo que nos outros dias, pois as mudanças que são necessárias não é por serem lembradas num único dia por ano que irão ocorrer. O dia da mulher é todos os dias. Para mim, pelo menos.
2 comentário(s)

2 Comentário(s):

Eu por mim nao me importava nada que existisse um dia da mulher se eu pudesse ficar em casa a sornar, não fazer nada e ter um massagista por perto a atender a todos os meus pedidos!! Mas quando começo a pensar melhpr até nem me importava nada de não ter que trabalhar 8 horas por dia 5 dias por semana. Preferia ficar em casa a estudar o massagista, jardineiro, canalizador, etc.. enquanto o gajo se andava a esfolar para me sustentar... Isso sim é que era VIDA ;)

By Blogger Paulita, at 1:50 da tarde  

Eu nesse dia recebi uma cadeia de mails, mas foram mandados por mulheres e só para as mulheres da empresa. Agradeci, porque coitadas, lá mereciam. Mas também acho que o meu dia é todos os dias, só seria diferente se as empresas nos disponibilizassem um crédito ilimitado nesse dia para fazermos o que nos desse na telha.

By Blogger BloodyLiLith, at 6:45 da tarde  

Enviar um comentário página inicial