segunda-feira, fevereiro 28, 2005

A minha primeira pista preta:


lá ao fundo (só uma parte, claro)...

Foi difícil. Muito difícil. Ao fim de três épocas a "esquiar", ou melhor, a pôr os pés num par de skis, fingi que nao tinha medo, e lá fui eu. Para quem nao sabe, há três níveis de pistas: o azul é o mais fácil, o vermelho é intermédio, e o preto é o mais difíl.
Eu até nem queria fazer ski. Mas nesta terra, quem nao faz ski passa o Inverno em casa. Quer dizer, ou isso ou vai andar de trenó com os putos, que também é giro, mas fica-se sempre com aquela sensacao de que toda a gente está a olhar para nós como se fossemos anormais. Por isso, se quiserem ir andar de trenó, levem um miúdo convosco. Fazem de conta que sao o pai ou a mae e que só estao a proporcionar um momento de lazer à criancinha. Claro que, na verdade, estao mas é a divertir-se à brava e o pequenote é só uma desculpa.
Mas voltando ao assunto. Normalmente qualquer pista vermelha chega para me aterrorizar. Só que este ano tem nevado tanto tanto tanto (mesmo tanto!), que há sempre neve fresca nas pistas. A grande vantagem, pelo menos para mim, é que quando há muita neve, há uns montinhos acumulados nas descidas que sao pontos estratégicos de travagem! Ora assim, é muito mais fácil, porque o meu medo é, precisamente, de descer demasiado depressa, e cair por uma ribanceira qualquer.
Eu nem queria ir pela pista preta abaixo. Mas era isso, ou subir uns metros a pique, com os skis às costas, para descer na cabine. E toda a gente sabe que as cabines sao para subir, e nao para descer. Portanto, entre arriscar morrer na descida, ou ter que subir uns metros a pé... preferi descer.
Podia dizer que nem foi assim tao difícil, mas é mentira. Foi tao difícil, que ainda me doem as pernas e os joelhos. Tao difícil, que ainda me lembro como e onde me doeram as pernas enquanto descia. Tao difícil, que quando cheguei ao fundo, só queria um banho quente...
Mas foi giro.
E hoje foi também a minha primeira vez na neve "virgem", a neve mais funda, nao compactada por nenhuma máquina, onde se deixam de ver os skis, e às vezes até os joelhos... e fico-me por aqui. Isso sim, teve piada.
1 comentário(s)

1 Comentário(s):

Existem também as pistas verdes mas eu estive em França. Essas são mesmo as mais fáceis.
Eu não gostei de ter neve fresquinha ainda sem levar com uma máquina por cima, porque quando a primeira vez que fiz ski assim embati num desses montes e caí :P
Adooooro pistas vermelhas mas não tenho tintins para as pretas.

By Blogger BloodyLiLith, at 11:50 da tarde  

Enviar um comentário página inicial