quinta-feira, fevereiro 03, 2005

Liberdade

A propósito da afirmação de Pacheco Pereira de votar no PSD, apesar da sua posição contra Santana Lopes, leio no barnabé: "Apesar das coisas extraordinariamente violentas que escreveu acerca de Santana, a posição de Pacheco tem de ser respeitada. A militância partidária implica um certo grau de disciplina e obediência."
Deve ser por isso que tanta e tanta gente não se filia nos partidos. Esta conversa para mim soa demasiadamente como religião... ou tropa...
2 comentário(s)

2 Comentário(s):

Ui... Lembrome de uma reportagem da "recruta" dos jovens militantes da CDU e tinham de ler as teorias todas do século passado e repetir mais uma série de balelas para se "formarem", se contestassem qualquer coisa eram rejeitados.
Quando os novos chegam aos partidos têem de se portar como os putos na primária a repetirem a tabuada em côro.
Por isso é que a política é a porcaria que se vê!

By Blogger BloodyLiLith, at 6:08 da tarde  

E verdade! eu tambem estou nessa, acho que a questao e que como as diferençasprogramaticas se vao esbatendo, algo tem de os manter unidos... e a disciplina...e mais como uma equipa de futebol do que como a politica...


PS:No fundo se eles lessem as coisas do seculo passado, estariam bem mais no presente...

By Blogger Rita Dantas, at 11:46 da tarde  

Enviar um comentário página inicial