segunda-feira, janeiro 24, 2005

Alianças

Gostava de ver uma aliança (pré ou pós eleitoral, neste caso é indiferente) entre o Bloco de Esquerda e o PS. Se o PSD se consegue aliar ao PP, e daí sai que quem mostra as garras é o PP, porque é que o Bloco não concebe ceder em algumas coisas e fazer finca pé noutras, para que realmente alguma coisa mude? O Bloco (ou o PCP, se quisesse) é a única hipótese de um governo PS ser um governo de esquerda, tal como o PP tornou um governo do PSD um governo de direita (quase extrema direita, em algumas coisas).
Se eu vir o PS a aliar-se ao PP, nunca mais na vida o PS fará parte das minhas opções de voto. E ainda tenho (provavelmente) muita vida para votar... a esperança nos políticos é que diminui a olhos vistos.
3 comentário(s)

3 Comentário(s):

No expresso desta semana li um artigo sobre o governo PSD/PP em que o autor (nunca fui boa em nomes) dizia que o partido que mais ganha nesta desgraça da vida política portuguesa, é indubitavelmente o PP e consequentemente o Paulo Portas. O autor do artigo explicava como é que o Paulo Portas tinha conseguido vestir a pele de ministro e ganhar respeito no círculo e no eleitorado. Ao reflectir um pouco, acabo por concordar com ele.. o PP deixou de ser o Paulinho das férias e até mudou a voz. Mas as ideias de direita estão todas lá. Acho que é preciso fazer uma campanha para que não votem no PP. Porque é preciso lembrar que votar no PP é o mesmo que votar no PSD...
Só para apontar uma das muitas decisões tomadas pelo ministro da defesa: Ele impediu um barco europeu de atracar na nossa zona costeira, apenas porque as pessoas que lá vinham eram a favor da despenalização da lei do aborto!! Não se esqueçam disso (e de outras) quando tivermos que votar.

By Blogger Paulita, at 3:26 da tarde  

"Porque é preciso lembrar que votar no PP é o mesmo que votar no PSD..."
Discordo, Paulita, votar no PP é pior do que votar no PSD. Imagina só que o PP é que ganhava as eleições... Havia de ser bonito. Até me arrepio só de pensar nisso.
Gostava de perceber é porque é que o PSD não se distancia do PP nem aponta o dedo às asneiras do companheiro de coligação... Faz-me lembrar o PS quando o Guterres entregou os pontos, que não conseguia dizer nada das coisas boas que tinha feito e deixou que certos ataques indevidos fossem feitos (embora neste caso não se trate de coisas boas mas de coisas más ou péssimas).

By Blogger Snowgaze, at 3:51 da tarde  

É óbvio para toda a gente que com Santana Lopes o PSD viu diminuidas as suas esperanças para o que quer que seja!! Santana Lopes vê assim a necessidade de alianças e coligações (que lhe permitam resultados eleitorais menos maus) como o adiamento da sentença: o seu afastamento de secretário geral do partido!
Uma possível coligação do PS com o Bloco seria péssimo para o PS!! Uma catástrofe!! O PS é um partido de centro esquerda! E tem feito um trabalho notável de evolução e actualização de ideias e ideiais! Aliar-se ao Bloco representaria muitos passos para trás!! Na memsa linha de raciocínio, o PS não deverá então "aliar-se" ao PP e não creio que o faça, independentemente dos resultados eleitorais.
Nota: uma coligação PS/PP não é assim tão diferente de uma coligação PSD/PP!! Muitos dos militantes do PSD defendem as ideias que estão na base do PS (apenas não o conseguiram ainda perceber). A divisão de militantes está hoje em dia distorcida e pode ser enganadora.
Ainda assim, é certo que as diferenças de ideias e políticas entre os dois maiores partidos da actualidade já não são o que eram...

By Blogger zink, at 4:34 da tarde  

Enviar um comentário página inicial