quarta-feira, dezembro 22, 2004

Ideia brilhante (tenho que registar a patente)

Como encontrar o comando da televisão:

Primeiro que tudo, é preciso achá-lo uma primeira vez. É uma das pouquíssimas falhas deste plano maravilhoso. A seguir, pega-se no comando, fita cola, e um telemóvel velho. Por exemplo, agora no natal, quem tiver a sorte de receber um telemóvel novo, pode usar o velho com um aqueles cartõezinhos oferecidos que vêm na caixa dos telemóveis novos. É importante que o telemóvel que se vai usar (para nunca mais "perder" o comando da televisão, não o outro, novo, para telefonar) tenha a bateria carregada e uma cartão SIM em regime "livre" ou similar (ou seja, não é preciso fazer chamadas para o número continuar activo, basta receber). A seguir, basta colar o telemóvel ao comando com a fita cola. Cuidado para não por demasiada fita cola por cima dos botões do comando mais utilizados. Last, but not least, colocar o número do telemóvel que está colado ao comando na lista telefónica do outro telemóvel, aquele que se usa para fazer chamadas. Pode ser colocado por exemplo, em "televisão", ou "comando tv", ou "controlo remoto".

E pronto, já está! Da próxima vez que perder o comando num buraco do sofá, debaixo do sofá, no meio das tralhas da mesinha da sala, numa gaveta, enfim, seja onde for, basta telefonar para o telemóvel acoplado ao comando. Não esquecer, de vez em quando, de recarregar a bateria do telemóvel.

Claro que se eu tivesse os meios necessários, incorporava mas era o cartão SIM no comando da televisão já as funcionalidades do telemóvel que vão para além de receber chamadas (incluindo o toque da chamada!) são desnecessárias.

Evidentemente, este método pode ser adaptado para qualquer tipo de comando. Comandos de aparelhagens, vídeos, leitores de DVDs, satélites, nunca mais serão perdidos!!! :-)
2 comentário(s)

2 Comentário(s):

Este plano tem alguns problemas. Primeiro a mana Isa, tem a grave tendência de perder o telemóvel. Volta e meia anda a pedir os tmvs das outras pessoas emprestado para telefonar para o próprio telemóvel a ver se o encontra. Segundo, a bateria do telemóvel agarrado ao comando, e segundo a lei de Murphy, vai descarregar justamente quando mais precisamos dele. E 3, já não podemos dar esse número de telefone aos estranhos que nos abordam na rua a dizer que somas as mais belas sereias que viram na rua e para POR FAVOR nós lhe darmos o nosso número de telemóvel. Por outro lado vejo algumas vantagens importantes, para além da óbvia (encontrar o comando), o próprio comando pode servir de arma de arremesso.

By Blogger Paulita, at 2:01 da tarde  

A Isa é que me inspirou para esta ideia brilhante! :-) Eu às vezes gostava de poder telefonar para as coisas que perco!!! :-)

Quanto a dar o número de telemóvel a estranhos, podes sempre usar o número de um daqueles colegas chatos/melgas... Não te esqueças é de dizer que te chamas Josefina, Miquelina, Maria do Amparo, ou outras coisas mais escanifobéticas (há quanto tempo não usava esta palavra!).

By Blogger Snowgaze, at 2:29 da tarde  

Enviar um comentário página inicial