quinta-feira, outubro 28, 2004

Quinta das celebridades

Passei uns minutos largos à procura de blogs na net sobre a quinta das celebridades. Não encontrei. Parece-me que quem quer dar as suas opiniões se remete ao fórum da tvi, e pronto. Eu até percebo. Qual a probabilidade de alguém ler o meu blog, comparada com a probabilidade de alguém ler a miha mensagem deixada num post? E claro, nem toda a gente tem um blog, ou tem disposição para criar um.

Apetece-me falar da quinta. Para começar, está cheia de "actores". Acho imensa piada às pessoas (principalmente as que escrevem no fórum da tvi), que disse que não gostam de fulano ou de sicrano porque não são sinceros, ou estão a fingir. Tão inocentes!!! Estão todos a representar. Estão todos a jogar (que horror!). Mas afinal as pessoas pensam que aquilo é o quê? A vida real? E na vida real não se representa, de vez em quando? Que atire a primeira pedra quem nunca disse uma mentirinha...

Estou viciada na quinta. Adoro ver o Castelo Branco - abomino o que ele diz, e como o diz, e a maior parte dos valores que ele tem, mas adoro a tendência que ele tem para provocar reacções. Gosto de ver as discussões que acontecem a toda a hora, independentemente de quem as provoca, de quem as ganha ou perde, e do assunto a que se referem. Acho piada aos seus olhares cheios de maldade, aos seus comentários viperinos, faz-me rir que ele "não se enxergue". Não gostava de ter de aturar semelhante personagem por 5 minutos, mas gosto de o ver na televisão a fazer a vida negra aos outros, nem que seja só por uns momentos.

Gosto de ver o Alexandre Frota. Nunca percebi porque é que ele deixa(va) o conde tratá-lo abaixo de cão, mas a verdade é que a dupla me faz rir. Mesmo depois da grande discussão a seguir ao confessionário... quer dizer, a grande discussão a seguir à cena das cuecas no confessionário (ai que agora é escritório... enfim, efeitos do big broter) também teve a sua piada. Agora as bocas que são mandadas por uns e outros, fazem-me apenas rir a bom rir. Coisas como "troglodita", "você não se enxerga", entre outras, mais os olhares de mau do CB ("aquele comigo já perdeu"), são simplesmente hilariantes.

As discussões recentes entre capatazas (nem sabia que esta palavra existia!) deram um novo fôlego à quinta, e levaram-me a pensar nas muitas discussões que presenciei (ou fiz parte, eheh) na minha vida.

Bem, eu devo gostar mesmo é de uma boa discussão, principalmente se não for nada comigo. A verdade é que achava que a quinta ia ser uma seca, e afinal está-se a revelar um óptimo espetáculo de circo... E se as pessoas lá dentro são autênticas, se são iguais ao que são cá fora, ou não, não me interessa minimamente. Eles estão lá para me entreter, por isso que metem as mãos à obra e façam o que for preciso.
1 comentário(s)

1 Comentário(s):

Não posso concordar mais! Finalmente podemos ver palhaçada que foi planeada e sai como deve ser. Todos os dias há qualquer coisa para ver e o White Castle é quem nos faz rir a bom rir. É o ridículo em pessoa e faz tudo o que nós nunca imaginámos possível!
Acho que a Quinta das Celebridades é um Circus Show, com um grnade elenco e um guião digno de óscar! Tem tudo, drama, traição, comédia, romance! Está tudo lá.
Nunca mais quero que me impigam Big Brothers! Eu quero é coisas a sério!

By Blogger Paulita, at 10:46 da manhã  

Enviar um comentário página inicial